Clientes

Start Química

Vendas crescem mais de 83% com automação da força de vendas
Média de pedidos mensais saltou de 15,6 mil para 28,6 mil

* Por Margareth Castro| Jornalista – MG - 05434 JP

A média de pedidos mensais feita por cada representante comercial da Start Química, que totaliza 130 profissionais, saltou de 120 para 2200 à partir da automação da força de vendas(AFV), o que representa um crescimento de 83,33%.  O incremento ocorreu ao longo dos últimos cinco anos a partir da parceria com a Landix, mas, foi fortemente percebido no último ano, quando ocorreu a migração da plataforma PalmOS para Windows Mobile, utilizando smartphones da HTC.


A empresa, fundada em 1987 pelo engenheiro químico Fábio Pergher, atua no segmento de produtos de limpeza e higienização. Instalada no Distrito Industrial de Uberlândia, em uma sede de 22 mil metros quadrados, a Start Química opera diretamente em 14 estados brasileiros (Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Tocantins, Piauí, Maranhão, Pará, Bahia, Santa Catarina, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), mas  chega em outras localidades por meio dos atacadistas.  Além de exportar para países da Europa, África e América.


A Start Química iniciou suas atividades fabricando produtos para a limpeza de automóveis. Ao longo dos 22 anos de atuação, a empresa vem expandindo sua linha, com lançamento de dois itens por mês.  Hoje, o mix é composto por 850 produtos, que se divide em duas linhas: doméstica e profissional, sendo que a profissional abrange todos os segmentos, desde hotelaria, frigorífico, indústria alimentícia até mineração e indústrias em geral.

De acordo com o diretor comercial da Start Química, Sérgio Fernandes Spini, a parceria com a Landix trouxe importantes benefícios para o desenvolvimento dos negócios porque apresentou soluções eficientes e econômicas, como a redução de cerca de 40% com ligações telefônicas.  “A partir do uso do sistema, ganhamos agilidade e confiabilidade nas informações, além de segurança nos processos”, afirmou.

Sérgio Spini diz que antes da parceria com a Landix, os pedidos eram feitos manualmente, via fax, o que gerava alguns transtornos como erros de digitação. Segundo ele, esses erros eram um grande problema e a adoção da solução de AFV permitiu que as informações se tornassem mais precisas para o cliente e deu condições à empresa de se comunicar mais facilmente com os representantes, por meio de mensagens. “O principal ganho foi a agilidade, que fez com que o volume de pedidos aumentasse. A economia também se destaca, já que o sistema não necessita de uma linha física para transmissão dos pedidos”, disse.


O diretor comercial diz que a Start Química vem em um processo de expansão ao longo dos anos e que a parceria com a Landix facilita o dia a dia, porque permite à empresa crescer com economia e, principalmente, com respeito e credibilidade junto aos seus clientes e no mercado em geral.


“O novo sistema é mais vantajoso do que o palm utilizado anteriormente. Ganhamos em agilidade, já que nele é mais fácil digitar os pedidos, o que permite acompanhar o cliente com mais fidelidade. Estamos usando o novo sistema há cerca de seis meses e a operação é tranquila. Além da agilidade no processo, podemos acompanhar as vendas por meio do aparelho”.Cléber Cesar, representante comercial da Start Química há mais de três anos.

http://www.startquimica.com.br/

Fotos: Margareth Castro e Divulgação