BLOG

Trabalhando em equipe: A Lei do Significado

Para alcançar grandes objetivos, é impossível trabalhar sozinho. Essa é a essência da chamada Lei do Significado, que estimula a importância das ações em equipe dentro do contexto corporativo. Se “um” é considerado um número muito pequeno, então o que fazer para envolver mais pessoas em projetos e metas?

O primeiro passo é não desistir. Mantenha firme a liderança para engajar e inspirar seus colaboradores. Depois, você pode seguir essas sugestões e investir esforços para criar uma equipe eficaz e produtiva:

Não tente controlar tudo e todos

Trabalhar em equipe é reconhecer que cada um tem um papel importante na jornada. Portanto, não tente ficar sempre no controle de tudo e de todos. Procure ouvir, receber opiniões e abrir caminhos para que colaboradores se expressem.

Deixe de lado o ego e o temperamento. É importante manter uma boa postura, excluir vaidades e destruir barreiras que provocam isolamento social. Somente dessa maneira, será possível criar um trabalho homogêneo e que produza resultados expressivos para cumprir a meta em questão.

Entenda a importância do outro

Jamais alimente a ilusão de que sozinhos conseguiremos realizar algo. Existem pessoas tão ou mais capazes que nós, prontas tanto para oferecer respaldo em pontos de falha quanto para ajudar a encarar fragilidades, impasses e imprevistos. Não permita que essas forças sejam excluídas, ou você ficará sempre limitado ao que consegue conquistar por si só.

Troque experiências, aprenda e reconheça seus erros. Estar integrado a uma equipe em sintonia é a chave para o sucesso. É através dessa potente ferramenta que construir soluções eficazes, duradouras e significativas se torna possível, e garante um lugar no duradouro no mercado.

Acompanhe o trabalho da equipe

Não é porque você concluiu a sua parte em um projeto que deve se isolar do restante dos processos. Tente ao máximo acompanhar o trabalho da equipe e entender como cada etapa e operação se complementam e agem em busca do objetivo estabelecido. Não ignore o esforço de colegas, mas se dedique a compreender o que fizeram e como ajudaram.

Não tenha preguiça de analisar relatórios, dividir conhecimento e nem de incentivar colaboradores a fazerem mais e melhor. E, mais importante que isso, tenha uma boa comunicação para criar mais liberdade dentro do ambiente de trabalho. Assim, todos se sentirão mais à vontade para falar sobre suas funções e sobre o que pretendem aperfeiçoar ou mudar em sua forma de atuação.

O ideal é sempre investir em reuniões, e até mesmo em conversas casuais, para se aproximar e se colocar a par das últimas atualizações sobre o projeto. Mas, quando não for possível, lembre-se de que a tecnologia pode ajudar bastante a resolver essa questão.

Conheça uma das soluções Landix e descubra como isso acontece.