Consumidor 4.0: saiba como conquistá-lo nas vendas B2B

BLOG

Consumidor 4.0

Consumidor 4.0: saiba como conquistá-lo nas vendas B2B

O que sua empresa pode fazer para conseguir atender essa nova geração de clientes chamada de consumidor 4.0? Confira algumas dicas no artigo de hoje.

Todo mundo está falando sobre a Indústria 4.0, mas poucos perceberam que o consumidor também mudou e está mudando constantemente. 

Grande parte de nossos contatos e atividades diárias com pessoas são, na verdade, relacionamentos em que um dos participantes é comprador e outro vendedor. 

Por isso, é muito importante ter em mente que a evolução dos consumidores afeta constantemente o papel dos prestadores de serviços e fornecedores de produtos.

Graças ao enorme impacto da economia digital é que estamos constantemente conectados, a qualquer hora, em qualquer lugar, de qualquer maneira. Temos uma capacidade contínua de interagir com amigos, familiares, colegas, equipes, fornecedores ou clientes, sempre que escolhemos participar e, às vezes, quando não.

Vivemos em um mundo em que a comunicação e a influência de “cliente para cliente” supera em muito as comunicações e a influência de “empresa para cliente”. 

Um mundo em que os defensores (positivos e negativos) do seu negócio definirão a percepção pública da sua marca. Um mundo em que um novo concorrente pode transformar um mercado quase da noite para o dia, substituindo os modelos de negócios de longo prazo.

Essa é a base do Consumidor 4.0, uma quarta geração de comércio, liderada por nossas gerações mais jovens e altamente influentes, onde o cliente está realmente no controle. 

 

Planilha de Agenda de Vendas

A evolução do consumidor

Para entender o 4.0, precisamos entender rapidamente as primeiras gerações de comércio:

  • Consumidor 1.0 (antes da década de 1950) – Os clientes se beneficiaram da capacidade de produção ou entrega dos negócios. Eles tiveram pouca escolha e compravam produtos que estavam disponíveis naquele momento.

 

  • Consumidor 2.0 (1950 – 2000) – Os princípios do consumidor 1.0 ainda estavam vivos, apoiados pelo desenvolvimento do consumismo. Os conceitos de marca surgem primeiro, e a demanda dos clientes por produtos e serviços foi fortemente impulsionada pela propaganda.

 

  • Consumidor 3.0 (2000 – 2015) – Os princípios do consumidor 1.0 e 2.0 continuam, mas expandidos pela explosão da globalização e da Internet. A retenção e a lealdade do cliente são os principais recursos, e o foco da ação competitiva é oferecer a melhor experiência possível ao cliente.

 

  • Consumidor 4.0 (2015 +) – Os princípios do consumidor 1.0, 2.0 e 3.0 continuam evoluindo, mas agora são afetados por vastas opções, plataformas online e o surgimento de um novo tipo de cliente, cujos objetivos pessoais superam o marketing persuasivo. Alguém que procura influenciar e ser influenciado por outros consumidores. Onde a jornada do cliente é única, em que as empresas desempenham um papel na capacitação de seus objetivos.

Diversos setores, como viagens e turismo, música e entretenimento, seguros e supermercados, estão altamente engajados no desenvolvimento de abordagens competitivas e inovadoras para os desafios do 4.0. 

Contudo, muitos setores como saúde, educação, serviços públicos, manufatura e construção, ainda precisam se adaptar para encantar esse consumidor.

Como os negócios B2B podem atender o consumidor 4.0?

Os principais negócios bem-sucedidos atualmente compreendem as regras subjacentes do consumidor 4.0 que permeiam todos os aspectos dos negócios em estratégia, marketing, vendas, atendimento ao cliente, logística, operações, cadeia de suprimentos e, o mais importante, na seleção e implantação de equipes.

Se uma empresa B2B deseja atender os clientes modernos, ela precisa satisfazer alguns requisitos que são essenciais para o consumidor 4.0. Confira:

  • Tenha um propósito – Qual é o seu objetivo na mente de seus clientes? Por que você existe e o que você pode fazer por eles? Como você quer que seus clientes se sintam?

 

  • Seja autêntico – Você pode cumprir seu objetivo repetidamente? Sua equipe está alinhada com a finalidade do negócio e pode facilmente traduzir isso em ações? A experiência do cliente é fiel ao seu objetivo?

 

  • Seja ágil e receptivo – Você não pode atender a todos os tipos de clientes, então como seus sistemas permitem flexibilidade para fazer a “coisa certa”? Você aprende, analisa e aprimora continuamente a maneira como fornece a experiência do seu cliente?

 

  • Seja valorizado – Avalie continuamente o poder da sua proposta de valor. O que os clientes realmente acreditam sobre sua capacidade? Você poderia confiar nos clientes para “vender” sua empresa para você com base no valor que eles recebem?

 

A fase 4.0 do consumidor é um grande passo à frente, e as tecnologias disponíveis estão aqui para ajudar e facilitar todo o processo de mudança para o próximo nível de negócios.

Portanto, tenha em mente que as ferramentas que você utiliza também são críticas. 

Escolher os recursos corretos pode ajudar você a atender todas essas necessidades do consumidor 4.0 de maneira mais assertiva e eficiente.

Agora, depois de todas essas dicas, aproveite o momento e se inscreva em nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!